Seres Humanos x Seres Urbanos - Homenagem do Olofot ao Dia do Índio 19 de abril

O estilo de vida e a cultura da maioria dos povos indígenas é uma lição de ecologia e sociedade sustentável para cada um de nós que comemos do fruto proibido da tecnologia e da exagerada liberdade de escolha.

Diante dos efeitos destrutivos causados pelo "Ser urbano" contra a natureza , está provado que nosso planeta não foi feito para o ser urbano e sim para o ser ecológico o "ser humano".

Está na cara que não é o índio "ser humano"  que deve evoluir para o estágio do  "ser urbano", mas sim o contrário!

Somos nós os "seres urbanos" que devemos evoluir para o estágo de perfeita harmonia com a mãe natureza igual os Índios "seres humanos".  

Essa vida urbanista que levamos com exagerada liberdade de escolha é com certeza a causa dos maiores problemas da humanidade.

Pense na quantidade de milênios que os povos indígenas habitam a floresta sem destruí-la , sem extrair dela nada mais que o necessário.

Os índios vivem como adao e eva no paraíso no meio da mata, vivem da caça e da pesca , são modelos de povos ecológicamente  sustentáveis, seus mestres são especialistas em ervas que curam , enfim os indios não sofrem das mesmas choradeiras que o homem urbano.

Os índios vivem em paz , nao tem população carcerária, índios não produzem entulhos,  não produzem lixão , não entopem bueiro, não poluem os rios e não destroem a vida dentro destes. 

Salve a sabedoria milenar dos Índios!!!!!

O dia do índio, celebrado no Brasil em 19 de abril, foi criado pelo presidente Getúlio Vargas, através do decreto-lei 5540 de 1943,[1]

A data de 19 de abril foi proposta em 1940, pelas lideranças indígenas do continente que participaram do Congresso Indigenista Interamericano, realizado no México. Eles haviam boicotado os dias iniciais do evento, temendo que suas reivindicações não fossem ouvidas pelos "homens brancos". Durante este congresso foi criado o Instituto Indigenista Interamericano, também sediado no México, que tem como função zelar pelos direitos dos indígenas na América. O Brasil não aderiu imediatamente ao instituto, mas, com a intervenção do Marechal Rondon, apresentou sua adesão e instituiu o Dia do Índio no dia 19 de abril, cumprindo a proposta do Congresso de 1940.

A data pode ser considerada como um motivo de reflexão sobre os valores culturais dos povos indígenas e a importância da preservação e respeito a esses valores.

Referências

  1. Ir para cima «Decreto-Lei nº 5.540, de 2 de Junho de 1943». Câmara dos deputados. 2 de junho de 1943. Consultado em 19 de abril de 2014